limpeza de piscinas em condomínios de porto alegre rio grande do sul

Limpeza de piscina de condomínio: entenda como pode ser feita

Um dos aspectos importantes em um condomínio diz respeito à limpeza de piscina, que é um dos itens que agregam mais conforto e bem-estar no dia a dia dos moradores. 

De modo geral, as principais atividades são direcionadas para uma limpeza da superfície da piscina, deck e da área de lazer (que integra a piscina), assim como o uso de cloro e controle do pH para manter a água e os espaços adequados para uso, promovendo os momentos de lazer.

Muitos equipamentos podem ser utilizados nesse processo, como é o caso de escovas, esponjas, aspirador, sacos de lixo, peneiras, Cordoalha de aço (ou alumínio) para conectar com a escova e realizar uma limpeza eficiente e  mais profunda. 

Inclusive, em alguns casos até mesmo ferramentas mais otimizadas, como um robô aspirador, podem ser utilizadas, além de pós específicos para o processo.

Para que a limpeza da piscina ocorra de forma adequada e completa, existem alguns processos e elementos da legislação que precisam ser cumpridos, bem como cronogramas que os condôminos precisam se atentar. 

Por isso, neste artigo, falaremos sobre como a limpeza de piscina de condomínio pode ser realizada. Confira mais informações a seguir!

Produtos utilizados para limpeza da piscina

Você sabe quais produtos costumam ser aplicados para limpar a piscina do seu condomínio? Se você não sabe, não se preocupe que vamos te ajudar. 

De modo geral, para a limpeza desse espaço, são aplicados produtos como:

  • Cloro;
  • Decantador de sujeira;
  • Kits para o controle do pH ou da alcalinidade;
  • Algicidas.

O cloro é um dos principais produtos de limpeza utilizado nas piscinas, pois ele serve como um elemento de desinfecção da água. Além disso, um clarificante pode ser utilizado para deixar a água com um tom mais claro.

Também contribui para o processo de limpeza o uso do decantador, equipamento ou substâncias utilizados para separação de resíduos sólidos, separando-os dos líquidos, favorecendo a remoção.

Para corrigir esse problema, assim como manter a qualidade da água da piscina, recomenda-se estar atento à alcalinidade, assim como o pH, pois esses elementos podem afetar a pele e trazer prejuízos à saúde, principalmente em quantidade inadequada.

Já no caso dos algicidas, os produtos impedem a formação de algas. Inclusive, se a água do seu prédio estiver esverdeada, pode ocorrer o surgimento de algas e isso afeta o lazer, qualidade da água e segurança dos condôminos.

Processos complementares

Em conjunto com a aplicação de itens de limpeza, existem alguns mecanismos de aspiração, assim como de filtragem e drenagem que contribuem para que a água fique limpa por mais tempo. 

Inclusive, é recomendado que a filtragem da piscina ocorra todos os dias, em um processo que dura de 4 até 8 horas.

Além disso, a aplicação do cloro e seu controle pode ser feita a cada dois dias, levando em conta a evaporação do sol (por conta disso, recomenda-se que essa aplicação seja feita à noite e a verificação da qualidade, no dia seguinte).

Para encontrar materiais de boa qualidade, é importante buscar por fabricantes, empresas e produtos de qualidade.

Assim como é possível buscar por uma empresa que faça Manutenção de elevadores quando ocorre algum problema com o elevador da sua empresa, é fundamental buscar uma empresa renomado no mercado para adquirir os produtos específicos para a piscina, garantindo a qualidade de processo

Do mesmo modo, é possível recorrer a empresas e profissionais especializados no processo de limpeza da piscina, sendo estes os responsáveis por obter os materiais e produtos para realizar o serviço.

Dessa forma, o condomínio consegue agregar segurança pela escolha de uma boa marca e mais qualidade aos processos.

Detalhes importantes para ter uma piscina cristalina

Além dos equipamentos para a piscina que já citamos neste artigo, é importante lembrar de alguns aspectos iniciais antes de aplicar o cloro ou pensar no controle do pH.

As piscinas podem ser fabricadas com materiais diferentes, como é o caso da piscina em fibra, vinil ou em alvenaria. Tal aspecto afeta diretamente o tipo de limpeza a ser feita e os equipamentos utilizados, assim como ocorre no caso de hospitais que usam desinfetantes hospitalares específicos, para que a limpeza seja eficaz.  Da mesma forma ocorre ao higienizar a piscina e a área de lazer.

Além disso, existe um tipo de vegetação que pode ficar ao redor da piscina que também deve ser considerada e limpa, com materiais apropriados para o material, ou o tipo de vegetação. 

Esses pontos precisam ser levados em consideração, pois podem afetar a qualidade da água e a limpeza da piscina como um todo, visto que o espaço externo pode interferir na higienização.

Mais ainda, isso também representa dizer que fatores climáticos, a frequência de uso da piscina e o seu material podem afetar sua limpeza. 

A partir desse conhecimento, é importante que seja feita uma limpeza das bordas da piscina, assim como uma renovação e troca do filtro, sempre avaliando as especificidades do espaço.

Outro aspecto importante é realizar um controle do pH de duas a três vezes por semana, realizando sua medição e correção. 

Para isso, alguns redutores podem ser usados. Também chamados de sulfato de alumínio, seu uso tem como intuito aumentar o pH. O mais recomendado é que o pH da água esteja no índice 07 para seu uso.

Esse controle é fundamental porque uma das maiores preocupações deve ser direcionada à segurança dos moradores e isso inclui ter uma água de qualidade durante o momento de lazer. 

Além dos equipamentos da piscina, é importante ressaltar que outros equipamentos, como uma Placa energia solar, sistemas e instalações do prédio também necessitam de manutenção, de preferência de forma preventiva, promovendo o pleno uso das instalações e segurança de todos.

Dicas para manter sua piscina segura

A manutenção das piscinas dos condomínios é um aspecto essencial no processo de Administração de condomínios em São paulo, ou da sua região, das áreas de lazer, assim como para a qualidade de vida dos moradores. 

Mas, como é possível manter sua piscina segura? Além das dicas que já apontamos neste trabalho, existem outras recomendações que são importantes até por parte dos moradores do local.

Uma água sem o tratamento adequado é muito perigosa aos moradores porque pode ser um foco de mosquitos que são vetores de doenças. Já uma água sem o controle correto do pH ou da alcalinidade pode trazer doenças para a pele.

Por isso, além das dicas que já apontamos neste artigo, é importante ter atenção e um cronograma para a realização de outras atividades, como:

  • Cobrir a piscina;
  • Realizar a filtragem;
  • Inserir placas de conscientização, como para não urinar na água;
  • Agregar o uso de equipamentos de segurança (inclusive para funcionários);
  • Respeitar as doses de produto recomendadas pelo fabricante.

Pare para pensar: todos equipamentos precisam de manutenção e cuidado para ter uma vida útil elevada. Por exemplo, uma fritadeira a gás em contato com o sol , água e produtos de limpeza que danificam o material pode acabar se desgastando. Por isso, ela é revestida para aumentar sua duração.

Da mesma forma, é importante que a piscina conte com uma cobertura, com o objetivo de evitar problemas como a evaporação da água e do cloro, bem como para evitar que sujidades caiam na água (bem como pessoas e pets).

Outro aspecto importante é não esvaziar de forma completa, pois isso pode afetar a estrutura da piscina.

É fundamental que os produtos sejam aplicados a partir de um conhecimento técnico e com o manuseio correto por parte do funcionário, com o objetivo de evitar lesões e queimaduras.

Legislação das piscinas nos condomínios

Você sabia que existe uma legislação direcionada para o uso de piscinas em condomínios? 

Cada cidade possui sua legislação e é importante que o síndico busque conhecer o que a legislação de sua cidade diz para regularizar o uso e manter a qualidade do espaço.

Algumas regras, por exemplo, são mais gerais e determinadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que explicam que:

  • É necessário ter barreiras que isolam o acesso à piscina;
  • É obrigatória a instalar da grelha do ralo;
  • É importante contar com guardas vidas no local;
  • A área da piscina precisa ser sinalizada.

Vamos entender o que essas orientações representam? O prédio, geralmente, reúne crianças e animais domésticos. 

Por isso, se a piscina for aberta, o risco de acidente com esse público é maior. Por isso, é obrigatório conter essas barreiras de isolamento com o objetivo de manter crianças e animais de estimação seguros.

Outra questão importante, da mesma forma que é preciso sinalizar as instalações elétricas prediais para a segurança, é preciso fazer sinalização para segurança durante o uso da piscina é ter a grelha do ralo, que protege que o cabelo ou a roupa sejam sugados durante o mergulho. Isso é essencial porque evita acidentes que podem levar o afogamento e, até mesmo, a morte da pessoa.

A sinalização da piscina é importante, assim como todos os equipamentos que já citamos neste artigo (cilindros, kits para correção do pH, barras de apoio, dentre outros). 

Isso porque a sinalização ajuda a indicar o horário de funcionamento da piscina, como proceder, o que é proibido e arriscado dentro dessa área, protocolos de segurança e saídas, dentre outros. 

Já a contratação de guardas vidas para o local é opcional, mas é uma importante ação de proteção aos banhistas.

Por fim, precisamos ressaltar que um síndico possui muitas responsabilidades, como é o caso de obter um planejamento tributário, do mesmo modo, deve se preocupar com outros processos técnicos e questões de inadimplência. 

Do mesmo modo, é essencial ter um plano de segurança que seja direcionado para cumprir as normas técnicas e evitar acidentes dentro dos espaços de lazer em um ambiente de moradia. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Para solicitar orçamento de serviços de esgoto ou dedetização na sua casa, condomínio ou empresa com um de nossos profissionais, em primeiro lugar, envie uma MENSAGEM ou ligue 24h para o fone (51) 3519-2477 | (51) 99380-9502. Certamente teremos uma solução para o seu problema.

Gostou do nosso post sobre limpeza de piscinas em condomínios? Então compartilhe ele nas suas redes sociais e siga a Advento Desentupidora em POA – RS. Estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Linkedin.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.